Fórum Internacional de Resíduos Sólidos & o Intercâmbio de Prática e Ferramentas de Gestão em Organizações de Catadores

header_news_8FIRS

Por Luciana Freitas – Maio 2017

________

Nesta mesma época, há 4 anos, eu estava em turnê no Brasil, representando o iBVRio e apresentando nosso modelo de Créditos de Logística Reversa – quando tive a honra de participar do 5° Fórum Internacional de Resíduos Sólidos, realização do Instituto Venturi. O painel de Logística Reversa, além do iBVRIo, contava com um membro da ABINEE, tratando sobre logística reversa de eletroeletrônicos, e com palestras sobre tema do ponto de vista acadêmico e jurídico: um quadro muito rico sobre o assunto!

Mais adiante, quando o iBVRio e ABRAMPA organizaram o Observatório da PNRS, a adesão do Instituto Venturi foi imediata. Dessa adesão, surgiu uma aproximação maior entre o Instituto Venturi e o iBVRio. Numa conversa durante um evento, comentei que faltavam aos eventos sobre resíduos organizações de catadores e ONGs, falando para os seus pares sobre suas questões cotidianas. Desta conversa surgiu o Intercâmbio de Práticas e Ferramentas de Gestão em Organizações de Catadores, realizado pelo Instituto Venturi pela primeira vez no 6o Fórum Internacional de Resíduos Sólidos em São José dos Campos.

A primeira edição comoveu todos os presentes, com representantes falando de experiências em Crateús (CE), Pernambuco, Paraíba, Porto Alegre (RS), com amplo espaço para conversa e troca de experiências. Mas surgiu um problema, por acontecer paralelo ao evento principal, houve reclamações de pessoas que gostariam de assistir aos dois eventos. É fato, eu própria não consegui assistir ao evento principal.

A segunda edição em Porto Alegre, no ano passado, procurou corrigir isso, e o evento dos catadores tornou-se parte do evento principal, contando com experiências relevantes da Fundação Gaia e o processo de comercialização em rede, da gestão de pessoas na REDESOL-MG, da implementação com catadores das grandes centrais de triagem em São Paulo e também do Prof. Christian Silva da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UFTPR) , tratando da implementação do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

A terceira edição aconteceu em São Paulo, organização do IEE/USP, seguindo o mesmo modelo com cooperativas do Fórum da Zona Leste – SP, trocando experiências, um panorama da Logística Reversa pela CETESB, um panorama também das atividades do Observatório da PNRS, apresentações de pesquisas do setor, sempre com amplo espaço para debate e troca de experiências.

Cartaz_8FIRS_port_v10

A quarta edição, na Universidade Técnica Federal do Paraná, em Curitiba, virá com uma nova adaptação: a mudança do horário para o fim do dia, permitindo uma maior participação de catadores, sem atrapalhar sua rotina de trabalho. Serão oito palestrantes com temas diversos, tais como uma pesquisa que compara resultados da coleta seletiva com ou sem catador, a experiência importante do fechamento do lixão da Estrutural, além das experiências de Itaipú (Hidroelétrica) e da Cataparaná.

Sempre norteados pelo propósito de colaborar com a divulgação das melhores práticas do setor, e um espaço para debater ideias e trocar experiências, o Fórum Internacional de Resíduos Sólidos, este ano tratando de resíduos sólidos e recursos hídricos, é referência em nível nacional e permitiu que criássemos o Intercâmbio, o que muito nos orgulha.

.

footer_news_v2

.